• SLIDE 1
  • SLIDE 2
  • SLIDE 3
  • SLIDE 4
emagrecimento category image
6 de julho de 2016

Olá xuxulindas e lindos, tudo bom com vocês?!

Como todos já devem saber eu sou gastroplastizada (passei pela cirurgia de redução do estômago) em fevereiro de 2015, e a questão da alimentação é algo que realmente nós operados precisamos levar muito à serio! Segundo um levantamento de dados realizado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, entre 2003 e 2010 o número de cirurgias de redução de estômago aumentou 375%, passando de 16 mil operações para 60 mil, em todo o país. Essa decisão é talvez uma das mais importantes na vida de uma pessoa com obesidade. A cirurgia não é uma solução mágica. Após o procedimento o paciente precisa fazer inúmeras mudanças, que incluem a pratica de exercícios diários e principalmente uma reeducação alimentar drástica.22

A quantidade de alimento que passamos a ingerir por refeição se torna bem reduzida, principalmente nos primeiros meses, e depois aumenta um pouco. Porém a maioria de nós, mesmo após 1 ano de cirurgia, como é o meu caso, não conseguimos comer além de 200 a 250g de alimento por refeição. Claro que essa quantidade vai variando de pessoa para pessoa, mas eu pelo menos procuro não forçar meu limite e comer apenas o necessário, não o desejado rsrsrs. Mas por que estou falando sobre isso? Porque a maioria dos restaurantes ainda não estão preparados para os clientes gastroplastizados! Se a opção for rodízio ou a la carte nós temos prejuízo, porque não comemos uma quantidade que justifique o valor cobrado, e assim acabamos por nos limitar a frequentar apenas estabelecimentos que ofereçam o sistema Self Service, onde você paga apenas pela quantidade que for comer.

Pensando nessa situação e toda a limitação que ela traz à nós operados, alguns projetos de lei começaram a surgir em alguns estados, começando em Campinas (SP) no ano de 2012 e em seguida alcançando outros estados como Porto Alegre com a Lei 11.746, de 2014, Campo Grande (MS) que teve a Lei municipal aprovada no dia 17 de agosto de 2015 e por aí vai… Porém a mais recente conquista foi dos gastroplastizados da capital paulistana! A nova Lei, aprovada na Assembleia Legislativa de São Paulo essa semana (Lei 1.217/2015 do deputado estadual Wellington Moura /PRB-SP), garante desconto de 30 a 50% do valor integral da refeição. Essa regra vai valer para restaurantes a la carte e também para rodízios. Será obrigatório que o estabelecimento mantenha a informação sobre o desconto de forma clara e acessível, tanto no cardápio como em uma placa na parede do restaurante. Os que preferirem poderão optar por oferecer no cardápio “porções reduzidas” que obviamente custarão menos ao cliente operado. Aos estabelecimentos que descumprirem a lei, será imputada uma multa de R$ 1.000 e, se for reincidente, até R$ 10 mil. O valor da multa, assim como a percentagem do desconto aplicado ao cardápio, pode variar de estado para estado. Ah, vale lembrar que a lei não se aplica à meias-porções, lanches ou bebidas. Embora a lei já esteja aprovada, era aguardada para ontem a sua publicação em Diário Oficial, então amigos de SP, fiquem de olho para fazer valer esse direito!

img_6216

Mas o que será necessário fazer então para garantir o direito ao desconto? Basta que o cliente apresente ao garçom sua carteirinha da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica ou um atestado médico, devidamente assinados e carimbados por seu médico.

Mais uma vitória para nós gastroplastizados, e aos poucos outros estados brasileiros com certeza também terão essa lei aprovada. Enquanto isso nós cariocas continuamos na luta, porém vale lembrar que mesmo não sendo lei ainda aqui, alguns estabelecimentos já aceitam a carteirinha e oferecem o desconto, então sempre que quiser conhecer um novo restaurante basta ligar antes e se informar sobre a possibilidade.

Então é isso xuxuzinhos, espero que tenham apreciado a informação, e nos vemos no próximo post!

Um beijo e um queijo!

Compartilhe com os amigos:
Comentários 2

  • 2# Bariátrica: Meu histórico com a obesidade…
  • 4# Bariátrica: Exames e Laudos Parte 2 – Engordei!
  • 1 ano de vida nova! Novidades no canal…
  • 3# Bariátrica: Preconceito, Consultas e Exames (parte 1)
  • Comente pelo facebook:
    Comente pelo Blog:

      Arthur, 5 de setembro de 2016

      Achei muito bacana a iniciativa e acho que deveria ser lei no Rio.

        Cissy Tavares, 7 de setembro de 2016

        Muito legal mesmo Arthur!!!!