• SLIDE 1
  • SLIDE 2
  • SLIDE 3
  • SLIDE 4
saude category image
28 de janeiro de 2017

Acredito que poucas pessoas conheçam o Óleo de Prímula, e principalmente, que poucas mulheres saibam como ele pode ser um Grande Amigo nosso para diversas situações! Mas podem ficar tranquilas, porque quando o assunto é saúde, eu estou sempre buscando novidades e informações pra compartilhar aqui com vocês. Então vamos nessa!

O que é Óleo de Prímula?

O Óleo de Prímula é extraído das sementes da Prímula, cujo nome cientifico é Oenothera biennis (Onagraceae). Também conhecida como Prímula da Tarde (porque suas flores se abrem ao entardecer), é uma planta nativa da América do Norte e tem sido utilizada da medicina indígena para fins terapêuticos. É um óleo muito rico em ácidos graxos, principalmente o ácido gama-linolênico (GLA), do tipo ômega 6 primordial para o bom funcionamento do organismo, os quais não são produzidos pelo corpo humano.

Até o momento não existe comprovação científica sobre o seu uso. Mas acredita-se ser um composto capaz de regular os hormônios femininos, principalmente nos períodos pré-menstruais e na Menopausa.

Flor da Prímula – Foto Reprodução

LEIA MAIS >>

Compartilhe com os amigos:
Comentários 14

  • Descobri um caroço no seio, e agora? | Outubro Rosa
  • Implante Dentário – Mitos e Verdades com o Dr. Marcelo Borille
  • Dicas de Lutas que Ajudam a Definir o Corpo
  • Use um Prendedor de Roupas Para Aliviar a Dor e a Tensão
  • emagrecimento category image
    19 de janeiro de 2016

    Tenho pesquisando sobre esse assunto porque eu me preocupo muito com os alimentos que consumo, não só pela questão das calorias, mas também pela questão de escolher os que forem mais saudáveis e agradem ao meu paladar. Mas o que dizem os especialistas sobre os refrigerantes? Eles também engordam? Prejudicam a saúde? Qual devo escolher quando estou querendo perder peso?

    Se perguntarmos a 10 nutricionistas sobre a ingestão de refrigerantes em nosso cardápio diário, acredito que a resposta será unânime: refrigerantes não devem ser consumidos com regularidade! Mas se você é como eu, que ainda não conseguiu se “libertar” de vez desse hábito, é bom saber que consumir com moderação é um ótimo passo inicial!

    light-diet-zero

    Existem no mercado várias opções dessa bebida com a proposta de serem de “baixa caloria”, mas apesar dessa variedade, não há motivo para confusão: refrigerantes light, diet ou zero são praticamente iguais em sua composição. Todos têm pouca ou nenhuma caloria e são isentos de açúcar, ou seja, são diet. A única diferença está no tipo e na quantidade de adoçantes não calóricos utilizados (sacarina, acessulfame-K, ciclamato ou aspartame), geralmente sendo usada a associação de dois ou mais em cada bebida — explica a endocrinologista e metabologista do Centro da Obesidade e Síndrome Metabólica da PUCRS, Andresa Colombo Balestro.

    lata-refrigerante-diet-grande-161319817

     

    Nos EUA e alguns outros países da América Latina o uso do Ciclamato nessas bebidas foi proibido, já que ele é visto como um adoçante que pode trazer danos à saúde e aumentar  risco de desenvolver câncer, se consumido com frequência. Infelizmente essa regra não vale para o Brasil e se optarmos pelas bebidas de baixa caloria, a maioria delas terá o Ciclamato em sua composição.

    A lição que tiro sobre tudo que pesquisei é que o ideal mesmo seria não consumirmos refrigerantes, fazendo a substituição por sucos naturais ou da polpa, água de côco, chás e a própria água em sua forma natural. Essa transição pode ser feita aos poucos para quem é mais dependente dos refrigerantes, diminuindo a quantidade e a frequência no consumo você já estará fazendo um bem ao seu organismo e cuidando de sua saúde futura!

    Até o próximo post,

    Um beijo e um queijo!

    Fontes: ZH Vida e IG Saúde e Bem estar

    Compartilhe com os amigos:
    Comentários 4

  • 4# Bariátrica: Exames e Laudos Parte 2 – Engordei!
  • 3# Bariátrica: Preconceito, Consultas e Exames (parte 1)
  • 2# Bariátrica: Meu histórico com a obesidade…
  • 5# Bariátrica: Cirurgia de Risco?!
  • Close